Área de Hidráulica e Irrigação

usuários on-line

Artigos | Fale conosco | Localização | Irriga-L

Clima Ilha Solteira | Clima Marinópolis

INSTITUCIONAL
Home
Apresentação

Corpo Técnico
Ex-orientados
Diversos
 
Internet
Site

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Uso da água como fator de desenvolvimento sócioeconômico
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A região compreendida entre os rios Tietê e Paraná, que por sua vez é formado pelo encontro dos rios Grande e Paranaíba é marcada pela presença de algumas usinas hidrelétricas e formam o Complexo Hidrelétrico de Urubupungá. Com apenas o reservatório de Jupiá sendo de fio d´água, os demais de acumulação sofrem o efeito da crise hídrica que levou ao abaixamento dos níveis dos reservatórios em até 9 metros, impondo grande restrições e prejuízos a toda a região, especialmente a ligada a agropecuária irrigada e a aquicultura.

Neste cenário, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez, Coordenador da Área de Hidráulica e Irrigação da Unesp Ilha Solteira proferiu duas palestras, para públicos distintos, explicando a crise hídrica, suas consequências e o que devemos fazer para tirar da crise o aprendizado necessário a mitigar ou evitar crises hídricas futuras.

O Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez esteve no último dia 29 de maio de 2015 em Três Lagoas onde realizou a palestra "Criando resiliência a partir da crise da água" no Instituto Federal do Mato Grosso do Sul para um público formado por professores e estudantes da área de eletrotécnica e de informática. Já no encerramento da SEAGRO - Semana Acadêmica do Agronegócio promovida pela FATEC e ETEC Jales que aconteceu na Câmara Municipal de Jales, para um público voltado para alunos e professores da área da agropecuária, o título a palestra "Transformando em oportunidades a crise hídrica".

"Transformando em oportunidades a crise hídrica" em Jales
O Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira ministrou a palestra "Transformando em oportunidades a crise hídrica" no encerramento da SEAGRO - Semana Acadêmica do Agronegócio promovida pela FATEC e ETEC Jales . A palestra aconteceu na Câmara Municipal de Jales e contou a presença de 76 pessoas. 

O Professor Fernando Tangerino iniciou sua palestra apresentando os diferentes canais de comunicação utilizados pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, sob sua Coordenação, mostrando que acreditam e como utilizam as ferramentas disponíveis na Internet para atingirem públicos diferentes e assim levar a mensagem do uso racional da água à um público maior e mais diversificado e a seguir fez uma análise da sociedade atual, definida como em mudança, mas espantosamente dinâmica, instável e evolutiva, afirmando que "correrá sérios riscos quem ficar esperando para ver o que acontece e a adaptação a essa realidade será, cada vez mais, uma questão de sobrevivência". Exemplificou como os desafios e mudanças ao longo do tempo, como as novas tecnologias em sistemas de irrigação e que a sustentabilidade dos sistemas de produção deve se dar à luz do cumprimento da legislação ambiental, cada vez mais restritiva, mas que deve ser entendida em oportunidade, porém os profissionais devem se preparar e se capacitar cada vez mais. "A cada dia que passa os produtos concorrentes ficam mais similares em termos de tecnologia e preços. Assim, o diferencial estará, portanto, na capacidade da empresa ou profissional em ser diferente e este diferencial estará a cada dia mais na prestação de serviços", disse à um público formado por essencialmente estudantes e professores ligados a agropecuária.

Para mostrar a importância da agropecuária utilizou os números do PIB divulgados em 29 de maio em que mais uma vez o setor cresceu, mostrou sua força econômica, enquanto que os demais setores da economia encolheram, tema que havia abordado na edição semanal do Pod Irrigar - o Pod Cast da Agricultura Irrigada - que havia sido divulgado no período da tarde. Apesar dos números favráveis da agropecuária o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez mostrou que há ainda muitas oportunidades a serem aproveitadas, fez uma comparação com as dificuldades e adversidades climáticas dos principais concorrentes brasileiros - Estados Unidos e China - e ainda como uma extensão do período frio na Europa favorece nossa agricultura e que a demanda sempre será crescente por proteínas e energia, levando a mensagem de otimismo para o público presente.

Em sua análise disse que "se a agropecuária produz toda esta riqueza toda sob as condições de instabilidade das chuvas, imagina se aumentássemos a nossa área irrigada?" questionou. Mostrou que em 2013, ano considerado o melhor da expansão da agricultura irrigada, com a incorporação de novos 284 mil hectares irrigados, a crise hídrica afetou desempenho do setor que cresceu apenaas 221 mil hectares, foi quando mostrou com números as diferenças entre as crises de 2001 e 2014, ambas acontecendo em períodos eleitoral, mas guardando grandes diferenças, tanto na intensidade, como na maneira de enfrentá-las.

"A água sempre e historicamente foi utilizada como fator de desenvolvimento sócio-econômico, mas temos desafios grandes pela frente para manter e conservar os recursos hídricos em quantidade e qualidade para atender as demandas dos diferentes setores, o que chamamos de segurança hídrica. Temos um passivo ambiental, ligado ao desmatamento e degradação dos recursos hídricos que precisa ser resolvido, precisamos que a água que vem do céu, pelas chuvas, ao invés de escorrer, seja infiltrada ao solo, recarregue o lençol freático e garanta a vazão das nascentes por todo o período seco. Diminuir as diferenças entre as mazões máximas e mínimas dos nossos córregos e rios é o objetivo de todo o trabalho de conservação do solo. Nossas nascentes estão desprotegidas e é por leas que devemos iniciar nosso trabalho de "produção de água" o ano inteiro", disse enfaticamente!

Ainda mostrou com os dados coletados pela Rede Agrometeorológica do Noroeste Paulista, operada pela Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira, como se comportou as chuvas desde janeiro de 2014, mostrando grande dispersão no tempo e no volume total na região enfatizando a importância de uma rede agrometeorológica densa, que possa mensurar as variações entre os municípios, sendo as variáveis climáticas uma importante ferramente de planejamento ambiental, assim como destacou a inexistência de estações que avaliam sistematicamente a vazão e qualidade da água dos diderentes mananciais da regiãona. 

Para fechar sua palestra mostrou o exemplo da transformação de desertos e área semi-áridas em terras de altas produtividades, regiões maiores adversidades, convidando os presentes a uma maior capacitação para enfrentar o desafio de produzir água e ampliar a área irrigada que com seus efeitos multiplicadores ampliam as condições sócio-econômicas de regiões e defendeu a democratização e transparência da informação, do conhecimento e de ações entre os diferentes órgãos públicos. 

"Criando resiliência a partir da crise da água" no Instituto Federal do Mato Grosso do Sul em Três Lagoas
Em 29 de maio de 2015, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira esteve junto aos seus orientados em Três Lagoas - MS com os alunos do Instituto Federal do Mato Grosso do Sul em Três Lagoas (IFTL) onde ministrou a palestra sobre o tema "Criando resiliência a partir da crise da água" no encerramento da Semana do Meio Ambiente. 

Na palestra foi abordado o uso da água como fator de desenvolvimento sócio-econômico, os desafios que temos pela frente para manter e conservar os recursos hídricos em quantidade e qualidade para atender as demandas e por fim, algumas curiosidades para contribuir com a economia da água.

Com um público diferente do agropecuário, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez abordou além do tema "Criando resiliência a partir da crise da água" falou sobre a sociedade dinâmica, instável e evolutiva e a necessidade de inovar. A palestra foi bastante dinâmica, com várias perguntar e participação dos presentes.

Para fechar, o Professor Dr. Fernando Braz Tangerino Hernandez fez um apanhado dos meios de comunicação que a Área de Hidráulica e Irrigação da Unesp Ilha Solteira utiliza com a finalidade de disseminar o conhecimento nas mais diversas linguagens.

SERVIÇO:
- Informações sobre agricultura irrigada e agroclimatologia no noroeste paulista são publicadas regularmente BLOG da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira em http://irrigacao.blogspot.com
- Números e gráficos das estações agrometeorológicas no noroeste paulista estão em http://clima.feis.unesp.br
- Canal da Área de Hidráulica e Irrigação da UNESP Ilha Solteira: www.agr.feis.unesp.br/irrigacao.php
- Canal no YouTube: http://www.youtube.com/fernando092
- Canal CLIMA da UNESP Ilha Solteira: http://clima.feis.unesp.br
- Pod IRRIGAR - O Pod Cast da Agricultura Irrigada: http://podcast.unesp.br/podirrigar
- Fan Page no FaceBook: https://www.facebook.com/ahiunespilhasolteira
- Informações também em (018) 3743-1959

Portal UNESP, 03 de junho de 2015.
Max Prime, 08 de junho de 2015.
Revista DAE, 09 de junho de 2015.
Folha Cidade, 12 de junho de 2015.

 
ENSINO, PESQUISA E
EXTENSÃO

Atividades Acadêmicas
Eventos
Defesas
Galeria
Projetos e Pesquisas
Fotos: as 10 mais
 
SERVIÇOS
Assuntos Diversos
Clima
Links
Downloads

Textos Técnicos
Previsão do Tempo
Publicações e Produtos
Extensão Universitária
 
VISTE O BLOG DA  ÁREA DE HIDRÁULICA E IRRIGAÇÃO DA UNESP ILHA SOLTEIRA